Eurostat contraria Governo sobre dados do desemprego

O departamento estatístico da União Europeia assegura que os 10,8% reportados para a taxa de desemprego em Portugal no final do mês de Abril resultam de um método de cálculo que fornece estimativas “equilibradas”. E mesmo que o valor venha a ser revisto, é prematuro antecipar em quanto e em que direcção, sublinha o Eurostat.

A reacção do departamento comunitário de estatística surge depois de ontem o secretário de Estado do Emprego ter afirmado que os 10,8% cifrados para o desemprego em Portugal são uma taxa que irá revelar-se “inadequada” e será revista em baixa pela instituição.

Os dados ontem revelados indicam que 595 mil portugueses procuraram agora activamente trabalho sem sucesso. Este valor recorde significa que 76 mil portugueses foram afastados do mercado de trabalho no espaço de um ano – 11 mil só durante o mês de Abril.  Jornal de Negócios Online

+Ler notícia: http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=428539

Anúncios