Ministra afasta hipótese de SNS apostar em turismo de Saúde

O presidente do Conselho para a Qualidade na Saúde desafiou o que pode ser visto como uma ameaça dar lugar a uma “oportunidade”: os cuidados transfronteiriços de Saúde transformarem-se em turismo de Saúde. A ministra colocou reservas quanto ao envolvimento do SNS.

Falando no 1.º aniversário da Estratégia Nacional para a Qualidade na Saúde, Luís Campos levantou a hipótese de Portugal avançar para o “turismo na Saúde”.

“Temos bons profissionais, bom clima e bons hotéis”, argumentou.

Aos jornalistas, a ministra da Saúde disse que, se for “turismo, é bem- vindo, porque aumenta a actividade económica e recebemos mais pessoas e tudo isso é positivo”.

No entanto, Ana Jorge sublinhou que é necessário “distinguir muito bem o que é turismo de Saúde e prestação de cuidados de Saúde”. Diário Digital

+Ler notícia: http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?section_id=2&id_news=139726