Certificado Prémio António Manuel da Mota Menção Honrosa Dianova

Anúncios

SOLIS vai deixar de iluminar muitas vidas

O projecto de desenvolvimento socioeconómico termina no início de Agosto e vai deixar milhares de pessoas desamparadas.

Depois de vários anos a criar sorrisos e a oferecer condições mais dignas às populações desfavorecidas, o projecto SOLIS vai ter um ponto final. Trata-se de um programa que nasceu segundo a vereadora da Acção Social de Oliveira de Azeméis, Gracinda Leal, de um diagnóstico social que apontava para lacunas na falta de equipamentos para pessoas em situação de emergência e quando acabar essas situações vão reaparecer.

Durante cinco anos o SOLIS significou para mais de cinco mil crianças jovens adultos e idosos do concelho uma grande esperança. Deu-lhes a convicção de que o dia seguinte seria melhor e risonho do que o anterior. Deu um tecto a quem precisava, ajudou idosos e deficientes a viverem com mais dignidade, ensinou jovens e donas de casa a aceitarem a sociedade em que viviam e a guiarem-se por uma conduta mais saudável e equilibrada.

Combateu assim a exclusão social e promoveu competências pessoais, profissionais e cívicas. Foi promovido pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e executado pela Associação Dianova Portugal em parceria com nove entidades públicas e locais. Diário de Aveiro 

+Ler notícia: http://www.mynetpress.pt/pdf/2010/julho/20100725213293.pdf

População do Bairro de Lações manifesta-se contra encerramento do SOLIS

Cerca de 40 pessoas do Bairro de Lações (uma das 12 actividades – Apoio ao Realojamento Social do Bairro de Lações – que compõem o projecto de desenvolvimento sócio-comunitário SOLIS, promovido pela Câmra Municipal de Oliveira de Azeméis e executado pela Dianova 2005-2010, beneficiando neste 6 anos perto de 5.000 Pessoas, crianças, jovens, adultos e idosos) encontram-se desde esta tarde a realizar uma manfestação espontânea junto à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis com vuvuzelas a solicitar a continuidade do Projecto. “Queremos o SOLIS!” é o mote que se ouve junto à edilidade.

+Ver site Dianova: http://www.dianova.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=171&Itemid=135