Termina prazo para BP controlar derrame de petróleo

Obama acusa petrolífera de pouco ter feito para evitar a catástrofe ambiental que já afecta as costas de vários estados norte-americanos.

Termina este domingo o prazo dado pela administração norte-americana à BP para que consiga travar a fuga de crude para as águas do Golfo do México.

Numa carta enviada sexta-feira à petrolífera britânica, mas que foi divulgada ontem, os Estados Unidos deram um prazo de 48 horas à BP, acusando ainda a gigante petrolífera de pouco ter feito para evitar a catástrofe ambiental que já afecta as costas de vários estados norte-americanos.

Amanhã, a administração da empresa vai discutir o que fazer com os lucros, havendo a hipótese de não serem distribuídos pelos accionistas devidos aos prejuízos causados pelo derrame de crude. Renascença

+Ler notícia: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=93&did=108102

Anúncios