Borras de whisky geram novo combustível energético para Escoceses

A Escócia é conhecida como um dos maiores produtores de uisque do mundo. Agora vai dar novos usos ao que resta dos produtos usados na fabricação desta bebida alcoólica. O objectivo é, através da queima dos resíduos (borra) que sobram do processo de destilação, produzir energia suficiente para abastecer mais de 9000 casas.
Para breve está prevista a construção de uma central térmica de biomassa em Rothes, na região de Speyside, onde se situam 50 destilarias escocesas. Dezasseis delas – entre elas as das famosas marcas Chivas Regal e Famous Grouse – vão fornecer os resíduos para a central. O objectivo é começar a produzir energia em 2013.
O responsável pela política climática na World Wide Fund for Nature escocesa, Sam Gardner, acredita que o projecto vai ser um “acréscimo muito bem-vindo” à indústria renovável do país.
Segundo o jornal britânico Guardian, o projecto resulta de uma colaboração entre as empresas Helius Energy e Combination of Rothes Distillers. Este novo tipo de combustível foi desenvolvido por investigadores escoceses da Universidade de Edinburgh Napier, inspirados num processo usado para fabricar explosivos durante a Primeira Guerra Mundial.

Fonte: Publico.pt