A Economia Digital, Direitos de Autor e a Economia Marginal

A era digital já chegou e está a ser impulsionada por plataformas digitais cada vez mais utilizadas para fornecer bens e serviços através da Internet. Um ambiente sem fronteiras, ou mercado único, estimulado pela demanda por um acesso de maior velocidade, que desencadeia o investimento interno em redes de banda larga mais rápida. A implantação e aceitação de redes mais rápidas leva a novos serviços baseados em altas velocidades.

O chamado ciclo virtuoso da economia digital está bem documentado e tem provado ser um piloto bem sucedido de crescimento da produtividade em outras regiões do mundo. Em 2020, o crescimento exponencial da economia digital deverá resultar em conteúdos digitais e aplicativos, distribuídos na maior parte online.

A Europa está num crítico cruzamento; actualmente a oportunidade de extrair valor económico da economia digital está severamente limitada devido à falta de um mercado único digital. Um impacto dessa falta é demonstrada nas diferenças significativas entre o mercado de música digital na Europa e em outras regiões – na UE, o mercado de música digital representa apenas 33% do mercado dos EUA apesar de ter a mesma capacidade (500 milhões de consumidores).

Ler o artigo completo em digitaleurope.org

Saber mais sobre a quotização dos direitos de autor em Now Is The Time

Mais informação aqui