Projecto “Excelência SEDES” | Candidaturas até 15 de Outubro

 

É a primeira edição de uma iniciativa com o selo da associação cívica SEDES e tem como objectivo “sublinhar a importância estratégica” da gestão de pessoas para o sucesso das empresas. O projecto “Excelência SEDES: Boas Práticas na Gestão de Pessoas” vai premiar organizações que se candidatem online a uma ou mais distinções até 15 de  Outubro.

A sua empresa tem investido na formação de acolhimento dos novos empregados? Tem monitorizado o desenvolvimento de competências dos trabalhadores ou capitalizado a experiência acumulada dos talentos séniores? Está atenta à gestão da diversidade e tem apostado no desenvolvimento de competências interculturais com vista a uma internacionalização mais eficaz? A comunicação interna na sua empresa tem sido responsável e transparente?

Caso a resposta a alguma das perguntas seja afirmativa, pode pensar em candidatar a sua empresa a pelo menos uma das cinco categorias deste prémio. A saber: “acolhimento e integração”, “desenvolvimento de competências”, gestão de talento sénior”, “internacionalização e carreiras internacionais” e “reestruturação e redução de estruturas”.

A iniciativa é promovida pela SEDES, uma associação cívica criada em 1970 que pugna por uma “gestão humanista e eficaz e de pessoas no seio das organizações”. Este projecto – que se pretende repetir anualmente – tem como finalidade distinguir a excelência e potenciar a multiplicação das melhores práticas na área dos Recursos Humanos em Portugal.

O prémio consiste num diploma e num troféu, a serem entregues num evento ainda não agendado, bem como na sua ampla divulgação pelos meios de comunicação social parceiros do projecto “Excelência SEDES”.

As entidades que queiram aderir ao projecto, poderão concorrer, através de um questionário online (no site da SEDES), a uma ou mais categorias, até dia 15 de Outubro.

Como complemento, serão tidos em conta na avaliação pelos membros de um conselho consultivo uma entrevista ao director de recursos humanos de cada empresa concorrente e evidências de excelência através de documentação. Dentro destes comprovativos (em vídeo ou registo escrito), deverão constar uma descrição de processos e procedimentos, históricos das práticas com respectivas métricas ou testemunhos.

Anúncios

Borras de whisky geram novo combustível energético para Escoceses

A Escócia é conhecida como um dos maiores produtores de uisque do mundo. Agora vai dar novos usos ao que resta dos produtos usados na fabricação desta bebida alcoólica. O objectivo é, através da queima dos resíduos (borra) que sobram do processo de destilação, produzir energia suficiente para abastecer mais de 9000 casas.
Para breve está prevista a construção de uma central térmica de biomassa em Rothes, na região de Speyside, onde se situam 50 destilarias escocesas. Dezasseis delas – entre elas as das famosas marcas Chivas Regal e Famous Grouse – vão fornecer os resíduos para a central. O objectivo é começar a produzir energia em 2013.
O responsável pela política climática na World Wide Fund for Nature escocesa, Sam Gardner, acredita que o projecto vai ser um “acréscimo muito bem-vindo” à indústria renovável do país.
Segundo o jornal britânico Guardian, o projecto resulta de uma colaboração entre as empresas Helius Energy e Combination of Rothes Distillers. Este novo tipo de combustível foi desenvolvido por investigadores escoceses da Universidade de Edinburgh Napier, inspirados num processo usado para fabricar explosivos durante a Primeira Guerra Mundial.

Fonte: Publico.pt