“Big idea For 2013” | O tabu que Richard Branson quer quebrar

A rede social LinkedIn pediu a Richard Branson, empresário britânico e membro da Global Comission On Drug Policy, que partilhasse com o mundo uma “grande ideia” para o ano que se avizinha. O líder da Virgin escolheu “quebrar o tabu”, questionando até que ponto a “Guerra contra as Drogas” está a ser eficaz. Branson na primeira pessoa:

 

Se uma estratégia de negócio estivesse a falhar e, em vez de pôr freio num problema, o agravasse, manter-se-ia nesse caminho ou pararia e consideraria um rumo diferente?

Estranhamente, temos uma guerra contra as drogas de três triliões de dólares americanos que persiste há 40 anos, mesmo que seja o falhanço político mais desmoralizador do nosso tempo. Por que é que eu me preocupo e por que é que você também devia preocupar-se?

Milhões de vidas produtivas são desperdiçadas e esbanjadas na prisão por posse de marijuana e por outros crimes não violentos relacionados com drogas. A Califórnia poderia arrecadar uma receita anual estimada em 1,4 mil milhões de dólares americanos, se taxasse e regulasse a venda da marijuana – imagine, então, a receita que permanece no submundo dos negócios.

Sou membro da Global Comission On Drug Policy, no âmbito do qual temo-nos focado nesta questão nos últimos dois anos. Há países – como Portugal, Alemanha, Suíça, Reino Unido e Holanda – que têm adoptado estratégias alternativas com resultados promissores”.

 

Call to Action

“Gostava que a comunidade empresarial ajudasse a descobrir o que pode ser feito pelos países, a examinar cuidadosamente as falhas na guerra das drogas e adoptar soluções humanas que se foquem na educação e nos cuidados de saúde, mais do que na criminalização e na reclusão. Vamos fazer de 2013 o ano em que “’quebramos o tabu’”.

 

“Breaking The Taboo”, o documentário

 

 

A expressão “Quebrar o Tabu” não é, neste caso, ocasional. É precisamente o nome escolhido para um documentário lançado na passada sexta-feira no Youtube, que pretende ser o correspondente, em matéria de guerra contra a droga, ao documentário “Uma Verdade Inconveniente” de Al Gore, que versava sobre as alterações climáticas.

A iniciativa é de Richard Branson e do seu filho, Sam, e tem como objectivo “persuadir os políticos a pôr de lado os receios de serem vistos como suaves em relação às drogas e a explorarem alternativas” à proibição, de acordo com o diário britânico The Guardian.

Entre líderes, especialistas e figuras públicas, encontramos no filme o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, e actores como Morgan Freeman, Kate Winslet e Gael Garcia Bernal. Clinton admite, na sua declaração, que esta guerra “não tem funcionado”, apontando para a necessidade de apostar na reabilitação, em vez da prisão, dos toxicodependentes.

“Espero que, como o filme do Al Gore abriu os olhos das pessoas para questões em torno do aquecimento global, este filme abra os olhos das pessoas a propósito da guerra [falhada] contra as drogas e torne isso mais fácil para as pessoas que querem ser corajosas e fazer algo [a propósito desta matéria]”, disse Branson em declarações recentes ao The Guardian.

O filme tem sido divulgado através de uma campanha viral nas redes sociais. Branson já reagiu, ao diário britânico, ao sucesso da disseminação: “Estamos muito entusiasmados. Mesmo os melhores documentários nas salas de cinema chegarão apenas às dezenas de milhar. Cada vez mais estamos a ver filmes online… não há outra ferramenta que possa mudar a opinião de alguém num espaço tão curto de tempo”.

 

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s