Eurobarómetro: Europeus mais positivos face à União Europeia

Metade dos europeus diz que a adesão do seu país à UE foi “uma coisa boa”

 

Aos olhos da maioria dos Europeus, a imagem da União Europeia melhorou nos últimos dez meses, de acordo com os dados do último Eurobarómetro. O estudo de opinião publicado ontem revela, em contrapartida, que os Europeus ainda conhecem “muito pouco” o funcionamento da União Europeia e das suas instituições.

 

O último estudo de opinião pública do Parlamento Europeu abrangeu 26 622 cidadãos dos 27 Estados-membros da União Europeia e decorreu entre 2 e 17 de Junho, precisamente a dois anos das eleições para o Parlamento Europeu (Junho de 2014). Em análise, estiveram as percepções da União Europeia, o conhecimento das instituições e as expectativas dos europeus em tempo de turbulência.

Metade dos europeus inquiridos admitiu que a adesão à União Europeia é “uma coisa boa”, contra os 47% do último Eurobarómetro, embora a maioria considere que a sua voz “não conta na União Europeia” (54%). Por outro lado, há um aumento marcante, face ao passado, do número daqueles que acreditam que a sua voz é importante na União Europeia (42%).

E quais são as principais preocupações dos Europeus num contexto de crise social, económica, financeira e monetária que domina o debate diário nos 27 Estados-membros, de deterioração do mercado de trabalho, de empréstimos financeiros a alguns países – como Portugal e Grécia – e da adopção pelo Conselho Europeu de um plano de crescimento e emprego? Como nos estudos de opinião anteriores, a pobreza e a exclusão social estão na lista de prioridades de problemas que desejavam ver resolvidos no Parlamento Europeu. O combate ao desemprego e a criação de emprego encabeçam a lista de respostas urgentes para contornar a crise.

40% dos entrevistados têm uma opinião favorável da União Europeia, 9% mais do que os valores registados no Eurobarómetro publicado em Novembro de 2011.

Os resultados são “encorajadores”, segundo o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz. “A corrente crise económica e financeira demonstra que precisamos de soluções a um nível supranacional. A União Europeia é um projecto único a nível global com poderes legislativos que pode oferecer estas soluções, quando as medidas de cada estado podem não chegar. Os cidadãos reconhecem isso”, conclui Schulz, citado pelo portal Euractiv.

 

Identidade europeia em causa?

A identidade europeia, segundo a percepção dos inquiridos, passa especialmente pelos “valores de democracia e liberdade”, mas também pela “moeda única”.

No entanto, há um dado que coloca em causa a questão da identidade europeia: o sentido de uma “identidade nacional”, acima de uma “identidade nacional e europeia” está a crescer em 20 Estados-Membros, especialmente os países mais afectados pela crise, como Portugal, Bulgária e Espanha. Contrariando a tendência, a Grécia regista um aumento forte do sentido de dupla identidade, “nacional e europeia”.

Por sua vez, segundo o Eurobarómetro, os Europeus, apesar de estarem mais optimistas face à União Europeia, conhecem apenas “muito pouco” as instituições e o seu funcionamento. Mais de um terço não conseguiu alistar três instituições europeias.

Apesar deste desconhecimento significativo, o Parlamento Europeu foi a instituição mais citada. Mais de metade citou-o em primeiro lugar e a maioria dos inquiridos considera que é esta a instituição que “melhor representa a União Europeia”.

Um quarto dos entrevistados soube responder que as próximas eleições acontecem em Junho de 2014 (de 5 a 8). Mais de 50% dos Europeus admitiram estar ainda mais inclinados para votar nestas eleições do que hoje, se tiverem que eleger, além dos deputados, também o Presidente da Comissão Europeia – uma novidade do Tratado de Lisboa.

57% dos inquiridos afirmaram que votar nas próximas eleições é a melhor maneira de fazer ouvir as suas vozes.

 

Sites para conhecer melhor o funcionamento da Europa e das suas instituições:

 

Portal da União Europeia

Portal do Parlamento Europeu

Portal da Comissão Europeia

Portal do Tribunal de Justiça

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s