“Conferências de Economia Social” em Lisboa a 10 de Setembro

 

Na próxima segunda-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, discute-se a construção da sustentabilidade na economia social, “do conceito à prática”. Entre os conferencistas estão nomes como Paul Singer, Lino Maia e Léopold Beaulieu. O prazo limite de inscrições para o certame organizado pela CASES é hoje.

A abertura da sessão tem início às 10 da manhã, com uma homenagem a Paul Singer, secretário nacional da Economia Solidária do Governo do Brasil, que estará presente em Lisboa para responder à pergunta “Economia Social e Solidária: uma alternativa em tempo de crise?”. Co-fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), Singer é economista e tem desenvolvido projectos no âmbito do desenvolvimento local, defendendo os “bancos comunitários” como instrumento de erradicação da pobreza.

O orador que se segue é o Lino Maia, presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, para apresentar a comunicação “As IPSS num contexto de crise económica”, antes do primeiro debate do dia. Marco António Costa, secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, estará presente na discussão. Ainda de manhã, do programa consta a entrega do “Prémio Cooperação e Solidariedade – António Sérgio”.

À tarde, o segundo ciclo de conferências inclui quatro comunicações, entre as quais uma sobre a economia social no âmbito do Fundo Social Europeu (FSE), proferida por Rosa Maria Simões, presidente do Instituto de Gestão do FSE, e outra sobre “o papel da inovação financeira na globalização”, pela voz de Jorge Nascimento Rodrigues, autor do livro “Como o capital financeiro conquistou o mundo” e colaborador do jornal “Expresso”.

Antes do debate final, o canadiano Léopold Beaulieu, presidente da FondAction do Grupo Desjardins, vem expor o caso da organização que preside como exemplo de sustentabilidade na economia social. Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, por sua vez, vai falar sobre políticas públicas para o terceiro sector, auto-sustentabilidade e as misericórdias portuguesas.

O evento é organizado pela CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social – e acontece no âmbito dos trabalhos preparatórios para a 1ª Convenção Nacional da Economia Social, a decorrer em Janeiro de 2013.

As actividades decorrem no Anfiteatro 3 da Fundação Calouste Gulbenkian, a partir das 9h30. As inscrições fecham hoje, dia 6 (através de e-mail para cases@cases.pt).

Projecto “Excelência SEDES” | Candidaturas até 15 de Outubro

 

É a primeira edição de uma iniciativa com o selo da associação cívica SEDES e tem como objectivo “sublinhar a importância estratégica” da gestão de pessoas para o sucesso das empresas. O projecto “Excelência SEDES: Boas Práticas na Gestão de Pessoas” vai premiar organizações que se candidatem online a uma ou mais distinções até 15 de  Outubro.

A sua empresa tem investido na formação de acolhimento dos novos empregados? Tem monitorizado o desenvolvimento de competências dos trabalhadores ou capitalizado a experiência acumulada dos talentos séniores? Está atenta à gestão da diversidade e tem apostado no desenvolvimento de competências interculturais com vista a uma internacionalização mais eficaz? A comunicação interna na sua empresa tem sido responsável e transparente?

Caso a resposta a alguma das perguntas seja afirmativa, pode pensar em candidatar a sua empresa a pelo menos uma das cinco categorias deste prémio. A saber: “acolhimento e integração”, “desenvolvimento de competências”, gestão de talento sénior”, “internacionalização e carreiras internacionais” e “reestruturação e redução de estruturas”.

A iniciativa é promovida pela SEDES, uma associação cívica criada em 1970 que pugna por uma “gestão humanista e eficaz e de pessoas no seio das organizações”. Este projecto – que se pretende repetir anualmente – tem como finalidade distinguir a excelência e potenciar a multiplicação das melhores práticas na área dos Recursos Humanos em Portugal.

O prémio consiste num diploma e num troféu, a serem entregues num evento ainda não agendado, bem como na sua ampla divulgação pelos meios de comunicação social parceiros do projecto “Excelência SEDES”.

As entidades que queiram aderir ao projecto, poderão concorrer, através de um questionário online (no site da SEDES), a uma ou mais categorias, até dia 15 de Outubro.

Como complemento, serão tidos em conta na avaliação pelos membros de um conselho consultivo uma entrevista ao director de recursos humanos de cada empresa concorrente e evidências de excelência através de documentação. Dentro destes comprovativos (em vídeo ou registo escrito), deverão constar uma descrição de processos e procedimentos, históricos das práticas com respectivas métricas ou testemunhos.