Teste de HIV positivo congela produção pornográfica nos EUA

A indústria pornográfica de Los Angeles, a mais importante do mercado norte-americano, está paralisada depois de um actor ter tido um resultado positivo num teste de HIV.

O diagnóstico inicial terá ainda de ser confirmado, mas nem por isso os intervenientes estão menos preocupados.

A representante da indústria pornográfica de LA, Diana Duke, fez já saber que as actividades só voltarão a decorrer com normalidade quando o resultado final de todos os testes for conhecido. Caso o diagnóstico venha a ser confirmado os parceiros com quem o homem actuou também vão ser testados.

Apesar desta paragem ser prejudicial a uma indústria que movimenta muitos milhares de milhões de dólares, as medidas que estão a ser tomadas são defendidas por todas as pessoas envolvidas.

Embora os participantes em filmes pornográficos sejam mensalmente testados quanto a doenças sexualmente transmissíveis, a utilização do preservativo não é obrigatória.

De acordo com a BBC, não é a primeira vez que o ramo enfrenta uma interrupção, já em 2010, o actor Derrick Burts foi diagnosticado como portador do vírus HIV.

Fonte: SOL

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s