Breves

Correios de droga estão a aumentar
CRESCIMENTO
O número de portugueses que transportam cocaína no organismo tem aumentado. O método mais comum de transporte da droga é a ingestão de “bolotas”, o que põe a vida da pessoa em risco. Designadas “correios de droga”, estas pessoas encontram-se em situações de “fragilidade económica e social”, segundo um investigador da Polícia Judiciária (PJ).
NÚMEROS
Em 2010 foram detidos em Portugal 207 correios de droga. No primeiro trimestre deste ano já foram presas 40 pessoas pelo mesmo crime. Estes números representam um aumento “exponencial”, segundo António Sintra, coordenador de investigação criminal da PJ. Fora de Portugal, em 2010 foram detidos 175 portugueses em países de vários continentes, mas o número pode ser maior, visto que não é obrigatório transmitir estes dados às autoridades portuguesas.
ORIGEM
Estas pessoas são recrutadas por “multinacionais da droga” que querem colocar no mercado, principalmente na Europa, o produto, que tem origem em continentes como a América do Sul.
Fonte: Ionline

JSD Açores pede reforço no combate às drogas
Cláudio Almeida, presidente da JSD/Açores, pede o reforço do combate ao tráfico e o alargamento ao ensino básico de campanhas permanentes de prevenção da toxicodependência. Segundo o líder regional, estas medidas justificam-se pois “os Açores são a região onde há maior consumo de droga entre os jovens”, notando-se cada vez mais “o tráfico de cocaína e heroína”.
Fonte: Ionline

Polícia cerca bairros de droga
Bairros cercados, ruas cortadas e cerca de seis centenas de polícias fortemente armados. O cenário foi semelhante em cinco locais diferentes, ontem, em Olhão, numa operação de combate ao tráfico de droga da GNR e da PSP.
Foram detidos dois homens de nacionalidade portuguesa, constituídos três arguidos e apreendidos vários tipos de estupefacientes. Segundo apurou o JN, a acção, já planeada e fruto de um processo que teve origem na GNR, causou algum desânimo entre os investigadores, que esperavam deter mais pessoas e encontrar mais do que as 630 doses de heroína, seis doses de cocaína, quatro doses de haxixe e oito plantas de canábis apreendidas nos cinco locais diferentes onde decorreram as buscas. A operação, que começou por volta das 8 da manhã, acabou por durar cerca de hora e meia, menos tempo do que o previsto. Decorreu sem incidentes e envolveu cerca de 60 elementos da PSP e GNR, incluindo forças de intervenção.
Fonte: Jornal de Notícias

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s