Breves

Aniversário

A Associação Operação Vida comemora oito anos de existência promovendo hoje dois workshops das 09:30 às 12:30 horas e das 14:30 às 17:30 horas. São eles: “Desafios de uma juventude desafiante: a intervenção social com jovens”, cujo orador será Raul Melo (Instituto da Droga e da Toxicodependência) e “Desafios à parentalidade: um olhar sobre a hiperactividade… e não só”, com Ana Rodrigues (Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil).
Fonte: Tribuna da Madeira

PJ fez em Leixões a maior apreensão de cocaína deste ano no Norte do país
A apreensão de 52 quilos de cocaína no Grande Porto, ontem anunciada, é a maior desde o início do ano na área de intervenção da Directoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ), disse um coordenador de investigação criminal. Delfim Torres explicou à Lusa que os 52 quilos de cocaína dão para 520 mil doses, em estado puro, ou 2,6 milhões de doses, já “traçada”, podendo valer, consoante as circunstâncias, entre 2,5 e cinco milhões de euros. “Estamos convencidos de que a droga se destinava ao mercado português, mas as investigações ainda prosseguem”, declarou Delfim Torres. Numa operação em que deteve o alegado traficante – um homem de 48 anos sem antecedentes criminais -, a PJ apreendeu, além da droga, uma pistola Uzi, de fabrico israelita, e outra Glock, igual à utilizada pelas forças policiais. A PJ apreendeu ainda centenas de munições, dissimuladas no interior de materiais de cerâmica provenientes do Brasil, que tinham sido descarregados de contentores no porto de Leixões e desalfandegados. A droga e o pequeno arsenal foram
apreendidos na zona de Valongo.
Fonte: Publico

Excesso de álcool prejudica mais as raparigas
Beber álcool em excesso, de uma só vez, pode danificar parte do cérebro que controla a memória e a percepção espacial dos adolescentes, revela um estudo publicado na revista Alcoholism: Clinical and Experimental Research. Estes danos, como problemas a conduzir, praticar desportos que exijam movimentos complexos, usar mapas ou ter sentido de orientação, são maiores nas raparigas do que nos rapazes, visto que os seus cérebros desenvolvem-se mais cedo, comparativamente aos do sexo oposto. O estudo foi realizado por investigadores de várias universidades americanas que fizeram testes neuro-psicológicos e de memória espacial a 95 adolescentes, entre os 16 e os 19 anos.
Fonte: Jornal de Leiria

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s