Fumar tornou-se um hábito incontrolável na China

A China introduziu uma lei que proíbe fumar em locais públicos, mas a medida terá poucas repercussões nos níveis de tabagismo no país. Além do hábito estar enraizado entre a sociedade chinesa, a lei não prevê quaisquer punições para quem cometa o delito. Os cerca de 300 milhões de fumadores na China perfazem o mais sério problema de tabagismo à escala mundial, diz o Centro de Controlo de Doenças chinês, que aponta para a morte anual de um milhão de pessoas devido a causas relacionadas com o tabaco.

De acordo com o Daily Telegraph, a lei que agora proíbe os chineses de fumar em locais públicos fechados – como hotéis, restaurantes, bares ou discotecas -, terá poucos efeitos práticos. Apesar da medida responder às pressões da Organização Mundial de Saúde para que a China cumprisse o acordo anti-tabaco, a eficácia da restrição será reduzida devido a um obstáculo: a cultura.

O hábito de fumar na China encontra-se enraizado tanto na sua cultura como na sociedade, onde um maço de tabaco custa menos de 60 cêntimos, dois terços dos médicos fumam e atletas olímpicos participam em campanhas publicitárias de marcas de tabaco. O próprio Ministério da Saúde já admitiu que é incapaz de inserir a proibição de fumar nos seus escritórios.

Ler o artigo completo em sol.pt

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s