MUITO PRAZER, SOU A EDUCAÇÃO AMBIENTAL, O SEU NOVO OBJECTO DE ESTUDO SOCIOLÓGICO

Esse estudo apresenta uma reflexão introdutória a respeito da relação entre educação ambiental e sociologia. Empreende inicialmente um levantamento preliminar sobre a consideração da educação ambiental como uma área de investigação científica da sociologia, especificamente da sociologia ambiental. Nesse sentido, apresenta evidências que permitem diagnosticar que a sociologia ambiental, tanto na vertente norte-americana como na brasileira, não tem assumido a educação ambiental como um objecto de estudo sociológico, desde sua fundação em meados da década de 70 até muito recentemente, em meados dos anos 90. Não pretendemos discutir aqui as causas da existência desse longo período de ausência da educação ambiental no espectro temático da sociologia ambiental, mas apresentar dois argumentos que justificam a importância da sociologia ambiental assumir essa tarefa. Assim, evidenciamos que não apenas é possível como também desejável que a educação ambiental seja definitivamente considerada um importante objecto de estudo científico da sociologia ambiental. Postulamos que somente assim será possível superar o caráter ingénuo que se cristalizou na educação ambiental, para que ela possa abrigar em sua meta não apenas a mudança ambiental, mas também a social.

Ler o estudo completo em anppas

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s