Violência doméstica volta aos escaparates como um problema bem presente

Nos primeiros dez meses do ano foram assassinadas em Portugal pelo menos 30 mulheres vítimas de violência doméstica, mais uma do que em 2009. Em 20 por cento dos casos, os homicidas, normalmente maridos das vítimas, mataram uma segunda pessoa, quase sempre um filho. Contabilizando todas as situações, são pelo menos 36 as vítimas mortais em contexto de violência doméstica este ano no país.

Entre os fenómenos criminais, o destaque vai para os casos de violência doméstica – 7303 ocorrências –, que já ultrapassam o número de processos por condução sobre efeito de álcool ou falta de carta – 7124. Os crimes relacionados com droga são o terceiro fenómeno criminal mais relevante, com 2456 casos registados. Saliente-se ainda os 364 inquéritos-crime por corrupção e os 594 casos de crimes contra a liberdade e autodeterminação sexual de menores.

Ler o conteúdo das notícias em: Público; Correio da Manhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s