Redução de 200 trabalhadores do IDT ameaça tratamentos

As propaladas respostas de proximidade, práticas habituais no tratamento exercido pelo Instituto de Droga e Toxicodependência (ITD), vão sofrer um duro golpe com a dispensa de 200 trabalhadores precários da sua estrutura de pessoal, na sua maioria enfermeiros e auxiliares. Estas medidas inserem-se nas novas regras de gestão na administração pública impostas pelo PEC II, um sério contratempo para algumas unidades de tratamento espalhadas pelo país.
São 1600 os trabalhadores com vínculo mas a saída dos precários obriga a alterações. Há “mais de 60 locais de consulta” para onde se deslocam, incluindo centros de saúde e espaços cedidos por câmaras. O corte obrigará à “concentração em unidades mais consistentes”, explicou. E a mudança exige “esforço também aos doentes”. Daí que “seja provável que alguns abandonem” os tratamentos.
O Ministério da Saúde afirma ao CM que “confia na capacidade do IDT e dos profissionais de realizarem ajustamentos para que uma eventual redução de efectivos não corresponda a diminuição da capacidade de resposta e de atendimento”. A solução passa, segundo a tutela, pelas parcerias com os centros de saúde e o sector social. Ontem, o semanário Grande Porto tornava público que o IDT vai encerrar o antigo CAT de Gaia, que segue 900 utentes.
João Goulão lembrou que, desde 2002, quando foi criado o IDT, que resultou da fusão de dois organismos da luta contra a droga, nunca existiu um mapa de pessoal.
O PSD e o Bloco de Esquerda já questionaram a ministra da saúde, Ana Jorge, sobre a eficácia e as consequências destes cortes drásticos no organismo.

Mais informações em:

2 comentários

  1. […] em 200 trabalhadores implementados pelo Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT) referidos aqui anteriormente, o Orçamento de Estado de 2011 irá transferir mais uma fatia de 1,4 milhões de […]

  2. Eu, Jorge Lei, enviei a candidatura para desabituação de metadona juntamente com o CAT-Cedofeita e gostaria de saber apenas como contacto o “UDN-MATOSINHOS.

    Sem outro assunto,atentamente:

    Jorge Lei


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s