Portugal pela positiva

As desgraças não pagam dívidas. O ditado é velho mas não tem muita aplicação por cá. Os portugueses preferem as lamentações e suportam mal o sucesso. Preferem as vitórias morais, os perdedores que se esforçaram, os remediados mas honrados…

Por isto, não é estranho que haja sempre quem coloque um “mas” no sucesso das energias renováveis, nomeadamente as eólicas, em Portugal. Ainda esta semana, o prestigiado “New York Times” chamou o caso nacional à capa, recordando os esforços de Manuel Pinho, então ministro da Economia, para arrancar com o ‘cluster’ das renováveis. É verdade que não resolve todos os problemas energéticos do País mas este é o caminho a seguir. Portugal só conseguirá sair definitivamente da crise estrutural em que se encontra há uma década se tiver a capacidade de se afirmar no mundo como líder num conjunto diferenciado de actividades. Na energia renovável já está, agora é manter a aposta porque é preciso persistência. E podem-se acrescentar outras áreas. Fica aqui uma sugestão: o sector do mar. A zona marítima nacional permite desenvolver um conjunto variado de actividades: transporte marítimo, turismo, investigação ligada às universidades, desportos marítimos, pesca… Mais do que dizer mal, é mais útil fazer. Diário Económico

+Ler notícia e comentários: http://economico.sapo.pt/noticias/portugal-pela-positiva_96865.html

Anúncios

1 Comentário

  1. As energias Renovaveis são essenciais num crescimento sustentável e economicamente viável de um País.

    É nosso Dever apoiar e incentivar este tipo de acções – http://www.portal-energia.com


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s