Duisburgo lembra vítimas de “dança macabra”

Recordado “terror” vivido há uma semana na Love Parade. Dirigentes políticos exigem apuramento de responsabilidades.

Importantes figuras políticas da Alemanha afirmavam ontem ser indispensável tirar consequências e encontrar responsáveis para o sucedido durante a Love Parade de Duisburgo, que causou 21 mortos e mais de 500 feridos, a 24 de Julho naquela cidade alemã.

O Presidente alemão, Christian Wulff, declarou a uma rádio nacional que a responsabilidade teria de ser assumida por uma pessoa ou pessoas, figuras políticas ou não.

No mesmo sentido se pronunciou a chefe do Governo Regional da Renânia do Norte-Westefália, Hannelore Kraft, afirmando que “devemos ir ao fundo das causas deste inconcebível resultado. Devemos isso às vítimas e às suas famílias tanto como o devemos a nós próprios”.

Em Duisburgo, um serviço religioso ecuménico, realizado na Igreja Salvator, assinalou a data e a homenageou a memória das vítimas de um momento de pânico durante aquele festival de música tecno. Estiveram presentes na cerimónia o Presidente Christian Wulff, a chanceler Angela Merkel e Hannelore Kraft.

No serviço, o pastor luterano Nikolaus Schneider declarou que os pensamentos e os sentimentos dos alemães “estão repletos de imagens do terror” vivido quando a “Love Parade se transformou numa dança macabra”, uma dança da morte.

Por seu lado, o bispo católico de Essen, Franz-Josef Overbeck, observou como são efémeros “estes ambientes de festa” em que, “num momento se celebra tudo e no seguinte estamos irremediavelmente indefesos no chão”.

A responsável do Governo Regional, cujo filho saiu ileso dos acontecimentos, acentuou a necessidade “de as pessoas reverem os seus valores”. DN

+Ler notícia: http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1631511&seccao=Europa

Advertisements

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s