Mosquitos e mamíferos investigados para detectar vírus

 

Depois de notificado um caso de febre do Nilo, autoridades reforçaram a rede de vigilância. Ainda não foram identificados outros casos da doença, mas as análises   não terminaram.

As autoridades de saúde pública reforçaram a investigação de doenças tropicais em mamíferos e mosquitos depois de ter sido notificado um caso de febre do Nilo em Portugal. O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) “já realizou 22 análises a conjuntos de mosquitos na zona onde a pessoa foi infectada e a Direcção-Geral de Veterinária vai começar a investigar mamíferos e aves selvagens para verificar se há mais infecções”, disse ao DN José Robalo, subdirector-geral da saúde.

Peritos nas áreas do ambiente e saúde têm alertado para a possibilidade de países mais frios poderem vir a registar casos de doenças tropicais na sequência do aquecimento global. Não sendo este o único factor para a migração de doenças, é uma preocupação que se levanta nos países mediterrânicos como Portugal.

Mal o caso foi comunicado, as autoridades começaram a a fazer um inquérito ao doente e fizeram análises aos familiares para ver se também teriam sido picadas por mosquitos infectados. “À partida, todas as análises são negativas. Mesmo neste primeiro caso ainda falta um resultado para termos a certeza da infecção, mas a suspeição é enorme”, alerta. DN

+Ler notícia: http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1627584&seccao=Sa%FAde

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s