Hospitais: Correia de Campos quer menos trabalhadores com salários mais altos

O ex-ministro da Saúde defende que esta é a receita para reduzir a despesa no sector, a par do pagamento a tempo e horas às farmacêuticas.

«Com menos gente, mas a receber mais, podemos estar melhor», disse, à agência Lusa o ex-ministro da Saúde, Correia de Campos, para quem «nos hospitais das grandes cidades há gente a mais».

Para reduzir a despesa com os recursos humanos, Correia de Campos defende a criação de um mecanismo de pagamento por incentivos, «tal como aconteceu com a reforma nos cuidados de saúde primários».

A despesa com os recursos humanos é, para o eurodeputado socialista, uma das principais fontes de despesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS), a par com os medicamentos.

Em relação aos recursos farmacêuticos, Correia de Campos reiterou as críticas à existência de dívidas dos hospitais à indústria. «Os hospitais têm de pagar à indústria a tempo e horas, só assim ficam em condições de exigir preços mais confortáveis e gastar menos». IOL Diário

+Ler notícia: http://diario.iol.pt/sociedade/saude-hospitais-reducao-despesa-medicamentos-tvi24-/1177618-4071.html

Advertisements

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s