Manual para salvar crianças que se afogam

Levantar o queixo à criança para libertar as vias aéreas, fazer cinco insuflações para reactivar a respiração ou fazer respiração boca a boca são alguns dos conselhos que o Hospital de Faro dá no curso Aprenda a Salvar o Seu Filho, em casos de afogamento.

O primeiro minuto de suporte básico pode salvar a vida da criança e “por isso é essencial que seja iniciado ainda antes de ligar para o 112”, alerta José Neutel, o enfermeiro que iniciou o primeiro curso de suporte básico de vida ontem em Faro.

A mãe Isa Anselmo, que salvou há dois anos o próprio filho de 14 anos, vítima de um traumatismo torácico, com as manobras do suporte básico de vida, afirma que decidiu receber esta formação para perceber melhor o que já havia feito num momento de tensão e angústia.

“Senti necessidade de perceber bem o que fiz quando tive de fazer o suporte básico de vida para salvar o meu filho e quero aprender para poder ajudar a salvar em caso de necessidade”, afirmou Isa Anselmo, a viver em Quelfez, Olhão. A vigilância constante e a protecção das piscinas com barreiras são, todavia, os primeiros passos para prevenir afogamentos de bebés e crianças, frisou o enfermeiro. Diário Notícias

+Ler notícia: http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1609986

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s