Anúncios

Falta de apoio obriga instituições a procurar dinheiro e cortar despesa

Os responsáveis pelas associações que se dedicam às pessoas que são afectadas pela doença, de uma forma directa ou indirecta, dizem que “a corda na garganta” está cada vez mais apertada e há projectos e actividades que podem ser adiados ou cortados. Desde as conhecidas, como a Sol, a Abraço ou a Acreditar, às mais pequenas, como a Associação Nacional de Esclerose Múltipla, passando por maiores como a Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal, todas sofrem com o mesmo mal: menos dinheiro. No território sem fins lucrativos e de quem depende dos outros, há quem pense em novas formas de ir buscar verbas, desde a venda de artigos em supermercados até fundos europeus, mas há também quem olhe para o plano de actividades a pensar no que se pode cortar.

+Ler notícia: http://www.publico.pt/Sociedade/associacoes-de-apoio-a-doentes-sofrem-com-menos-donativos_1442861

Hospital admite que medicamentos “nunca se devem cruzar”

Regras impedem que sedativo e ácido sejam armazenado no mesmo local. Crianças saíram dos cuidados intensivos.

O hospital Garcia de Orta, em Almada, admite que as regras de boa prática impedem o ácido (erradamente administrado em duas crianças, na quinta-feira) de ser guardado no mesmo local do sedativo (o produto que devia ter sido administrado). “São medicamentos que se utilizam em situações diferentes e que nunca se cruzam”, disse ao i fonte oficial do hospital. Então, como dois produtos semelhantes na embalagem, mas com finalidades tão diferentes, acabam armazenados no mesmo local? Na resposta a esta pergunta está a solução para o mistério da troca de tratamentos às duas crianças internadas naquela unidade.

Um eventual erro no armazenamento é o ponto-chave do inquérito em curso para apurar responsabilidades. A investigação deverá ser “rápida”, e a administração conta chegar a conclusões no prazo de três semanas. O circuito interno de transporte dos medicamentos será reconstituído para perceber como é que o ácido tricloroacético, usado para as hemorragias nasais, foi dado a duas crianças que deviam ter tomado um sedativo. Ambos estariam guardados no frigorífico do serviço de otorrino quando a médica que seguia as crianças pegou num pensado estar a usar o outro. Terá confirmado o prazo de validade, mas não percebeu a troca de embalagens. Jornal i

+Ler notícia: http://www.ionline.pt/conteudo/65495-hospital-admite-que-medicamentos-nunca-se-devem-cruzar

Lady gaga desordeira expulsa do estádio dos New York Yankees

Lady Gaga foi expulsa do estádio dos New York Yankees, alegadamente devido a comportamento desordeiro e ao evidente estado de embriaguez.

De acordo com o site Female First, Gaga fartou-se de beber whisky directamente da garrafa, antes de levantar a camisola e mostrar o peito à multidão que assistia ao jogo do passado sábado. Além de tudo isto, Gaga passeou pela zona VIP do estádio, declarando o seu amor a todos os jogadores que lhe apareceram à frente.

Quem não achou piada nenhuma à cena foram as esposas e as namoradas dos jogadores, cujas queixas à segurança do estádio fizeram com que a estrela da pop fosse expulsa do local. Cotonete

+Ler notícia: http://cotonete.clix.pt/noticias/body.aspx?id=45578

Confiança na retoma leva Wall Street a nova subida

 As bolsas norte-americanas abriram em alta, depois de a China ter anunciado a flexibilização da sua taxa de câmbio.

A notícia de que a China vai permitir uma maior flexibilização da taxa de câmbio da sua moeda, o yuan, continua a aumentar o optimismo dos investidores em relação à retoma da economia mundial.

Sinal disso é que as bolsas norte-americanas abriram em alta acentuada, com o Dow Jones a valorizar 1,15%, enquanto S&P 500 e Nasdaq avançam 1,10 e 1,18%, respectivamente.

Uma tendência que se regista também nas principais praças europeias, que sobem pela nona sessão consecutiva, no maior ciclo de subidas dos últimos 11 meses. Diário Económico

+Ler notícia: http://economico.sapo.pt/noticias/confianca-na-retoma-leva-wall-street-a-nova-subida_92560.html

Espanha é o destino favorito dos estudantes Erasmus

A maior parte dos estudantes portugueses que beneficiam do programa Erasmus escolhe Espanha como destino, segundo dados hoje revelados pela Comissão Europeia.

No ano lectivo 2008-2009, Espanha acolheu quase 1400 estudantes universitários portugueses. A Itália foi o segundo país escolhido, com 888 alunos e o terceiro a República Checa, com pouco mais de 300.

Portugal tem quase 5400 alunos a estudar no estrangeiro ao abrigo do Erasmus e recebe quase 5 mil e 900 alunos de outros países membros da União Europeia.

O programa Erasmus concede bolsas aos alunos do ensino superior para poderem passar de 3 a 12 meses a estudar ou estagiar noutro país. De acordo com Bruxelas, no ano lectivo 2008-2009 registou-se um número recorde de estudantes Erasmus.

Quase 200 mil estudantes beneficiaram das bolsas, o que representa um aumento de 8,7% em relação ao ano lectivo anterior, o maior aumento foi na percentagem de estudantes que optou por fazer estágio numa empresa estrangeira. Rádio Renascença

+Ler notícia: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=109190

http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1442919

Portugal está a vencer a Coreia do Norte por 7-0, na Cidade do Cabo, no seu segundo jogo no Grupo G do Mundial 2010.

A selecção portuguesa chegou à vantagem aos 29 minutos, com um golo do médio Raul Meireles, após passe do também médio Tiago. Logo aos sete minutos, o central Ricardo Carvalho, de cabeça, rematou ao poste da baliza norte-coreana.

Na segunda parte, a selecção marcou mais seis golos por intermédio de Simão (53′), Hugo Almeida (56′), Tiago (60′ e 89′), Liedson (81′) e Cristiano Ronaldo (87′). Público

+Ler notícia: http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1442919